IPB Morada da Serra
Notícias IP Morada da Serra

17 de Dezembro: Dia do Pastor

"Dar-vos-ei pastores segundo o meu coração, que vos apascentem com conhecimento e com inteligência" (Jr 3:15).



No ano de 1823, na cidade de São Paulo, nascia Josè Manoel da Conceição.. De origem humilde, bem pequeno, foi levado para Sorocaba e lá, o "Conceição", como era chamado, foi criado pelo Padre Mendonça. Seus primeiros estudos fez na escola do Mestre Jacinto. Logo se mostrou muito inteligente e responsável. Dividia seu tempo com os estudos e os trabalhos na Igreja, o que muito apreciava. Mais tarde foi encaminhado a São Paulo, a fim de estudar Teologia. Saiu-se brilhantemente.

Gastava muitas horas lendo e estudando a Bíblia, o que, logo, o fez perceber uma oposição direta entre a Palavra de Deus e as práticas religiosas na Igreja Romana.

Naquela época, o Brasil recebeu muitos estrangeiros, que deixaram sua terra em busca de melhor sorte neste país novo e promissor. Era a época do café. Conceição fez amizade com uma família inglesa e impressionava-se com o modo como aquela família, aos domingos, deixava todos os seus afazeres para dedicar-se ao estudo da Bíblia, orar e cantar juntos.

E continuou a fazer amigos entre os estrangeiros protestantes. Para entendê-los melhor, estudou inglês e alemão. Seus superiores não gostaram. Quando chegou o dia de sua ordenação como sacerdote católico, soube, na última hora, que havia um processo contra ele e sua ordenação foi suspensa. Pensou até em abandonar a carreira, mas sua consciência o levou a continuar, na intenção de combater os erros e injustiças que via em sua Igreja. Finalmente, em 1844, foi ordenado padre.

Sua primeira paróquia foi na cidade de Limeira, SP. Revolucionou a Igreja! Desempenhava as funções de sacerdote sem cobrar nada do povo, pregava sermões, que vistos por seus superiores, eram cheios de heresias, e continuava suas conversas com os estrangeiros protestantes, com quem trocava idéias. Isto levou-o a receber o apelido de "padre protestante".

O Bispo, então, transferiu-o para outra cidade, depois outra, depois outra...percorrendo quase todo o Estado de São Paulo. "Não esquentava lugar", como diz o ditado popular.

Pensando em ajudar mais ainda o povo pobre e doente, começou a estudar medicina, encomendando para tal, muitos livros no exterior. Acabou tornando-se tradutor de livros.

As desavenças com seus superiores continuaram. Ele próprio pediu para deixar as funções sacerdotais e trabalhar somente na administração. Comprou uma chácara e dedicou-se à lavoura.

Em 1863, o missionário americano, Blackford, fez sua primeira viagem ao interior paulista e vsitou aquele padre que aconselhava o povo a ler a Bíblia.

Foi uma visita rápida, mas que fez Conceição firmar suas convicções de que o evangelho romano não era o evangelho de Jesus.

No ano seguinte, Conceição é que vai encontrar Blackford em São Paulo; depois de muitas entrevistas, decide, finalmente, deixar o sacerdócio romano.

Vem com Blackford para o Rio de Janeiro, onde encontra-se com o Rev Ashbel Green Simonton e, no dia 23 de outubro de 1864, o ex-padre Conceição, emocionado, é batizado na Igreja Presbiteriana, diante de algumas dezenas de pessoas.

Daí em diante, Conceição passa a ajudar Simonton, Blackford e Schneider na evangelização de nosso país. Fez questão de percorrer todos os lugares onde havia sido padre, agora levando-lhes a verdadeira mensagem da salvação de Jesus a todo que crê.

Em 16 de dezembro de 1865, foi organizado o primeiro Presbitério da Igreja Presbiteriana do Brasil, jurisdicionando as Igrejas do Rio de Janeiro, de São Paulo e de Brotas. José Manoel da Conceição apresentou-se a este Concílio, manifestando seu desejo de tornar-se Ministro Evangélico. Foi examinado pelo Presbitério, fez o sermão de prova, e foi aprovado. No dia seguinte, 17 de dezembro de 1865, foi ordenado pastor.

Foi assim que, José Manoel da Conceição, um ex-padre, o "padre protestante", tornou-se o primeiro pastor presbiteriano brasileiro. E, por esta razão, o dia 17 de dezembro foi escolhido para ser o Dia do Pastor, na Igreja Presbiteriana do Brasil.

A IP Morada da Serra agradece a Deus pelo pastor Francisvaldo (Fran) e ora para que Deus continue liberando graça e conhecimento a ele. Fica aqui a nossa homenagem para o querido pastor:

O vaso precioso que você é
Nas mãos do Senhor,
A conduzir-nos
Pelo caminho da verdade.
Por isso, em data tão significativa,
Com o respeito e a admiração
Que você sempre mereceu,
Trazemos-lhe, de todo o coração,
Esta palavra sincera,
Um abraço amigo
E o nosso "Muito Obrigado"!



Fonte: http://www.saf.org.br/sugestao_programas/dia_pastor.php3


Versão para Impressão Enviar notícia


Pesquise em Notícias:
Igreja Presbiteriana Morada da Serra. Rua Acre, n. 978 - Bairro CPA 2 - Cuiabá/MT
Telefone: (65) 3641 2399
Fale Conosco